Dengue MATA! – Domingando

Bom dia gente!

Hoje vou falar sobre um assunto que foi esquecido há um tempo: DENGUE. Vou ser bem sincera aqui… eu mesma já tinha esquecido de como essa doença é perigosa e o quanto nós precisamos nos prevenir disso. Lembro que todo mundo falava disso na minha época de ensino fundamental I. Depois, ninguém dava mais bola. Acontece que uma amiga bem próxima está com dengue. E agora eu estou vendo o quanto isso é perigoso e o quanto a pessoa que pega isso sofre. Ela está com o Tipo 1 que não é tão agressiva. Mas ela sente MUITA dor no corpo, febre, umas manchinhas vermelhas no corpo, muita dor de cabeça e cansaço. É triste ver alguém assim. Temos que ter a consciência que essas coisas não acontecem só com o vizinho. Acontecem com a gente também. Eu trabalho no mesmo lugar que ela, moramos razoavelmente perto, estudamos na mesma faculdade, ou seja, 70% da semana nós passamos juntas. Eu poderia estar com dengue também, corro os mesmos riscos que ela.

Depois que aconteceu isso com ela, eu comecei a me preocupar e pesquisar mais sobre o assunto. E fui ver os casos na minha cidade.

Sumaré-SP confirma duas mortes por dengue em março

Acredito que todo mundo tem uma leve ciência sobre os sintomas da Dengue, mas vou reforçar aqui!

Sintomas:

Dengue Clássica
  • Febre alta com início súbito.
  • Forte dor de cabeça.
  • Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos.
  • Perda do paladar e apetite.
  • Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores.
  • Náuseas e vômitos·
  • Tonturas.
  • Extremo cansaço.
  • Moleza e dor no corpo.
  • Muitas dores nos ossos e articulações.
Dengue hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta:

  • Dores abdominais fortes e contínuas.
  • Vômitos persistentes.
  • Pele pálida, fria e úmida.
  • Sangramento pelo nariz, boca e gengivas.
  • Manchas vermelhas na pele.
  • Sonolência, agitação e confusão mental.
  • Sede excessiva e boca seca.
  • Pulso rápido e fraco.
  • Dificuldade respiratória.
  • Perda de consciência.

Prevenção:

Isso parece bobagem, mas não é. Se cada um fizer a sua parte, o índice de dengue vai diminuir bastante.

Imagem

Todas essas informações eu peguei no site da Dengue. Essas e mais informações vocês encontram lá.